sexta-feira, 30 de julho de 2010

Intervenções Culturais da VIII Mostra de Teatro


PROGRAMAÇÃO

16/08 - Segunda-feira
Terminal do Siqueira as 18h
Peça: De Crack a Campeão (CE)

17/08 - Terça-feira
Estação João Felipe as 18h
Peça: De Crack a Campeão (CE)

Pátio Nobre do TJA as 18:30h
Banda de Pífanos de Aquiraz (CE)

Palco Principal as 19h
Cia. de Dança Sobre Rodas

Pátio Nobre as 20h30min
Vozes Eternas (SP)

18/08 - Quarta-feira
Terminal do Lagoa as 18h
Peça: De Crack a Campeão (CE)

Pátio Nobre do TJA as 18:30h
Grupo AME (CE)

Pátio Nobre as 20h30min
Vozes Eternas (SP)

19/08 - Quinta-feira
FOYER do Teatro José de Alencar as 16h
Workshop: Um novo olhar através da educação - Confecção de adereços de cena
Instrutora: Ana Alice (CE)

Estação João Felipe as 18h
Peça: De Crack a Campeão (CE)

Pátio Nobre do TJA as 18:30h
Coral Tocando a Vida (CE)

Pátio Nobre as 20h30min
Vozes Eternas (SP)

20/08 - Sexta-feira
FOYER do Teatro José de Alencar as 16h
Workshop: Mãos que criam e educam - Confecção de bonecos com espuma
Instrutor: Aristides Barros (CE)

Pátio Nobre do TJA as 18:30h
Fundação Raimundo Fagner (CE)

Pátio Nobre as 20h30min
Vozes Eternas (SP)





21/08 - Sábado
Livraria Saraiva - Iguatemi as 10h
Mesa Redonda
Perspectivas dos cursos de artes cênicas e visuais para os formandos e o mercado cultural em Fortaleza
 
Pátio Nobre do TJA as 18:30h
Tarcísio Lima (CE)

Pátio Nobre as 20h30min
Vozes Eternas (SP)

22/08 - Domingo
Pátio Nobre do TJA as 18:30h
Coral da Coelce (CE)

Pátio Nobre as 20h30min
Vozes Eternas (SP)

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Mostra Itinerante - VIII Mostra de Teatro



15/08 - DOMINGO
CAUCAIA - às 21h
Teatro de bonecos - De crack a campeão (CE)

ITAITINGA - as 20:30h
O mistério dos remédios homeopáticos (CE)

17/08 - 3ª FEIRA
HORIZONTE às 19h
A idade da Ameixa (MG)

19/08 - 5ª FEIRA
QUIXADÁ às 19h
O mistério dos remédios homeopáticos (CE)

MARACANAÚ às 19h
O pagador de promessas (CE)

20/08 - 6ªFEIRA
PACATUBA às 19h
Morrendo e aprendendo (RJ)

PENTECOSTE às 19h
O mistério dos remédios homeopáticos (CE)

21/08 - SÁBADO
MARANGUAPE às 19h
Morrendo e aprendendo (RJ)

JAGUARETAMA
- Pólo de Lazer Bezerra de Menezes às 16h
- Praça da Cidade às 20h
Teatro de bonecos - De crack a campeão (CE)

22/08 - DOMINGO
GUAIUBA às 20h
Ontem, uma lembrança (SC)

Concurso de Vídeos de Curta Metragem

VIII MOSTRA BRASILEIRA DE TEATRO TRANSCENDENTAL

RÁ!, de Ricardo Guilherme

FESTIVAL SATED CEARÁ DE ARTES 2010 apresenta

RÁ!
Local: Teatro Dragão do Mar
(Rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema - Fortaleza - Ceará)
Dias: 28 de Julho de 2010 (Quarta-Feira)
Horário: 20 horas
Ingresso: 1kg de Alimento Não-Perecível

RÁ! - Dramaturgia, Atuação e Direção: Ricardo Guilherme.

O texto, escrito em forma de poesia de cordel, biografa Waldemar Garcia (Crato-1902/ Fortaleza-1985), encenador, pintor, cenógrafo, pianista e aderecista, que da década de 1940 aos Anos 1980 influenciou as artes cênicas do Ceará, não apenas com o seu trabalho mas também com o seu pensamento crítico. Em cena, através das passagens históricas narradas, vai se revelando o impasse de um artista que por se sentir, contraditoriamente, além e a quem do seu tempo, reage como um iconoclasta ferido e ferino, genioso e genial.

A expressão Rá!, que intitula a montagem, faz alusão a dois sentidos. Refere-se ao som da risada sarcástica do biografado e também ao grito de energização de bons fluidos, típico de alguns gurus do Oriente.

No espetáculo, o ator surge em cena como a representação de um maestro que lê e interpreta partituras, regendo aos espectadores como se estes fossem músicos, co-participantes da execução de uma grande sinfonia.

Uma espetacular aula cênica! Uma homenagem de Ricardo Guilherme ao encenador cratense Waldemar Garcia! Imperdível!

Atenciosamente,
A DIRETORIA

Como risco em Papel


Delicadeza, mistério e feminino. Palavras para traduzir "Como risco em papel", espetáculo de dança contemporânea em cartaz em agosto no CDMAC (02 e 03) e Teatro São João (05 e 06)
O espetáculo "Como Risco em Papel”, trabalho solo de dança que toma referências no filme “O Livro de cabeceira” de Peter Greenaway (1996), chega a Fortaleza e Sobral no início de agosto. O solo da bailarina Marcela Reichelt se apresenta nos dias 02 e 03 de agosto, no Teatro do Centro Dragão do Mar (Fortaleza) e nos dias 05 e 06 de agosto, no Teatro São João (Sobral). Gratuito. O espetáculo recebeu o Prêmio Klaus Vianna 2009/Funarte para circulação no Norte e Nordeste do Brasil em 2010.
A bailarina gaúcha integrou durante seis anos o Grupo Cena 11 Cia.de Dança (Santa Catarina) e no momento dedica-se a pesquisa solo. “Como risco em papel” é o seu segundo trabalho e sugere analogias entre corpo e livro, pele e papel, discurso e escrita. No enredo do filme de Greenaway, uma jovem de tradicional família japonesa, a cada ano, recebe do pai de forma ritualística mensagens escritas em seu corpo. Desta forma, Marcela usa as referências do filme para criar um trabalho de dança contemporânea sobre as memórias visuais dos corpos.
No palco, a bailarina (que dirige e interpreta o espetáculo) criou um recurso de justaposição de imagens – abundantemente utilizado no filme referência – exercendo uma função narrativa importante, pois permite que o espectador olhe para diferentes formas de apresentar o tema. O trabalho inclui uma pesquisa própria que enfatiza a dança contemporânea como recurso e vocabulário para criação de imagens de um corpo em movimento como um discurso.
Marcela Reichelt se dedica exclusivamente ao aprofundamento de sua pesquisa: corpo e identidade. Nessa coreografia, reconhece e acessa as marcas existentes e individuais no corpo como a caligrafia de um discurso político e poético implícito. Este trabalho foca o argumento, e não por acaso, nas trajetórias e nas marcas irreversíveis ao tempo adquiridas nos corpos. O discurso toma forma quando seu trabalho coreográfico e suas questões pessoais ganham mais tempo de elaboração e de pesquisa.
Na segunda-feira, dia 02 de agosto, às 10h, a bailarina também realiza uma oficina no Alpendre Casa de Arte e Pesquisa (Rua José Avelino, 495, Praia de Iracema). Nesta oficina, ela destaca um bailarino da cidade para compor uma parte do espetáculo.  A idéia é realizar a performance e registrar em vídeo para inserir o recurso no espetáculo. É uma forma de atravessar um limite do teatro e do espetáculo criando novas possibilidades de relação com espectador. Inscrições: (85) 9991-0474.

Serviço:
Como risco em papel
Solo da bailarina Marcela Reichelt
Duração: 50’
Classificação etária: 16 anos.

FORTALEZA
Oficina com Marcela Reichelt
Dia 02 de agosto, 10h
Alpendre Casa de Arte e Pesquisa (Rua José Avelino, 495, Praia de Iracema)

Apresentações Como risco em Papel
Dia 02 de agosto, 20h
Dia 03 de agosto, 18h
Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Grátis

SOBRAL
Apresentações Como risco em Papel
Dia 05 de agosto, 20h
Dia 06 de agosto, 20h
Teatro São João/Sobral
Grátis

 

Sobre a artista

Marcela Reichelt - Porto Alegre/RS

Em 2009, a bailarina foi premiada no 13º Festival da Cultura Inglesa de São Paulo pelo espetáculo que criou e interpretou “Como risco em papel” é seu segundo trabalho solo. Em 2008 participou de uma residência no Brasil com a Impiure Dance Company dirigira por Hooman Sharifi com Grupo Cena11. Integrou durante 6 anos como bailarina o Grupo Cena 11 Cia.de dança e no momento dedica-se a sua pesquisa solo. Junto ao grupo participou de Mostras Internacionais, em 2008 do Kampnagel (Hamburgo), 2006 InTransit Festival (Berlin) 2005 MoveBerlim, 2004 InTransit Festival (Berlin) e nacionalmente apresentou em diversos estados.  Em 2007 com bolsa no Projeto Mergulho no Palco em Florianópolis, desenvolveu sua primeira pesquisa coreográfica solo “Occo”. Iniciou sua pesquisa coreográfica em parceria com o bailarino João Fernando Filho. Integrou a Muovere Cia. de Dança sob direção de Jussara Miranda, participando de todas as montagens durante 1998 à 2003, dirigida cenicamente por Nestor Monastério. Iniciou seus estudos de daça em Porto Alegre em 1985. Teve contato entre outras, com as técnicas Axis Syllabus com Frey Faust (BE), View Points, com Michael Stubblefield (EUA), Reestruturação corporal com Lu Favoretto (SP), Limón com Israel Villa (SP), Mimo Corpóreo com Thomas Libhart (EUA), Conexões técnicas e criativas com Clara Trigo (BA), Nathalie Pubelier (FR) e Performace com Rose Akras (SP).

quarta-feira, 28 de julho de 2010

...dança que roda que dança que roda que dança...

No quinta cultura as 19:40' mercado dos pinhões
Um trabalho em processo de dança-instalação
Na mesma programação as 20h:
 


Este é um convite à todos para participar dessa dança coletiva!
O sentido é o do grupo e a dança é coral, com movimentos possíveis de serem feitos por um e por todos, dançando juntos.
Realização: N 
92021522

terça-feira, 27 de julho de 2010

Arte, Invenção e Experiências Formativas”


Dragão do Mar recebe inscrições para o seminário “Arte, Invenção e Experiências Formativas”

Por meio do seminário, o Dragão do Mar Educativo amplia suas ações de formação em arte e cultura com a implantação do Núcleo de Formação. Esse núcleo vai realizar nove seminários críticos até dezembro, abarcando diferentes linguagens artísticas: fotografia, música, audiovisual, teatro, dança, literatura e artes visuais.

Entre os participantes do seminário “Arte, Invenção e Experiências Formativas estão Suely Rolnik (SP), Miguel Chikaoka (PA), José Fernando Peixoto (SP), Beatriz Cerbino (RJ), Tiago Gomes (RJ), Lúcia Matos (BA), Raul Antelo (SC), Ricardo Aleixo (MG), Henry Burnett (SP), Claudia Saldanha (RJ) e Ana Maria Tavares (RJ).

O seminário conta ainda com a participação de nomes do Ceará como Daniel Lins, Beatriz Furtado, Rosa Primo, Gil Brandão, Silas de Paula, Paulo Amoreira, Gilberto Machado, Carlos Velazquez, Fernanda Coutinho e Elvis Matos.

Confira a programação completa
Informações: (85) 3254.6676.


Programação

03 de agosto, terça-feira
8h30 - Café da manhã e credenciamento
9h - Abertura
9h15 - Palestra: “Invenção e Criação” ,Daniel Lins (CE).
10h15 - Intervalo
10h30 - Palestra: “Adorno e Mário de Andrade: duas visões da educação pela música”, Henry Burnett (SP).
12h - Almoço
14h - Palestra: “Laboratório de audionutrição - a escuta como ferramenta cognitiva na música e fora dela”, Tato Taborda (RJ).
15h - Palestra: “Operadores Musicais: Música de Invenção”, Wilson Sukorski (SP).
15h40 - Intervalo
16h- Mesa: “Música, Invenção e Experiências Formativas – contextos e singularidades. Participação: Tato Taborda (RJ), Marcos Maia (CE) e Elvis Matos(CE). Mediação: Lu Basile.
17h30 - Lanche
18h - Apresentação do espetáculo “Como um risco de papel”, de Marcela Reichelt (SC).

04 de agosto, quarta-feira
8h30 - Café da manhã
9h - Palestra: “Fototaxia – em busca do ele perdido...”, Miguel Chikaoka (PA)
9h30 - Palestra: “A fotografia como ferramenta de alfabetização visual”, João Kulcsár (SP)
10h - Intervalo
10h15 - Mesa: Fotografia, Invenção e Experiências Formativas – contextos e singularidades. Participação: Miguel Chikaoka (PA), João Kulcsár (SP), Silas de Paula (CE) e Paulo Amoreira (CE). Mediação: Tiago Santanna
12h - Almoço
14h - Palestra: “Palavra, corpo e território: estratégias para o audiovisual na educação – o caso da Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu-RJ”, Marcus Faustini (RJ).
15h - Palestra: “A importância do terceiro setor na formação de novos olhares”, Tiago Gomes (RJ).
15h40 - Intervalo
16h - Mesa: Audiovisual, Invenção e Experiências Formativas – contextos e singularidades. Participação: Marcus Faustini (RJ), Tiago Gomes (RJ), Beatriz Furtado (CE), Beth Jaguaribe (CE). Mediação: Lenildo Gomes.
17h30 - Lanche
18h - Exibição dos vídeos Vida Maria, de Márcio Ramos, Supermemórias, de Danilo Carvalho e Aos Mortos de Morte Morrida, de Sidnéia Silva.

05 de agosto, quinta-feira
8h30 - Café da manhã
9h - Palestra: “Ensino e formação em dança – algumas aproximações e perspectivas possíveis”, Beatriz Cerbino (RJ).
9h30 - Palestra: “Práxis em dança como ação compartilhada e política: abordando experiências e incertezas sobre a formação de artistas-docentes de Dança”, Lucia Matos (BA).
10h - Intervalo
10h15 - Mesa: Dança, Invenção e Experiências Formativas – contextos e singularidades. Participação: Beatriz Cerbino (RJ), Lucia Matos (BA), Flávio Sampaio (CE) e Rosa Primo (CE). Mediação: Taís Gonçalves.
12h - Almoço
14h - Palestra: "Teatro de Grupo: Locus de Utopia e Resistência", Christina Streva (RJ)
15h - Palestra: “Ainda sobre a proposição de “um instituto sem espectadores” – teatralidade e experiência na sociedade do espetáculo” José Fernando Peixoto(SP).
15h40 - Intervalo
16h - Mesa: Teatro, Invenção e Experiências Formativas – contextos e singularidades. Participação: Christina Streva (RJ), José Fernando Peixoto (SP), Gil Brandão (CE), Danilo Souto (CE). Mediação: Izabel Gurgel.
17h30 - Lanche
18h - Intervenção Grupo Bagaceira.

06 de agosto, sexta-feira
8h30 - Café da manhã
9h - Palestra: “O que não se ensina, mas se aprende: sobre a formação dos poetas”, Ricardo Aleixo (MG)
9h30 - Palestra: “A arte in-existente ou a estrutura pós-funcionalista da experiência”, Raul Antelo (SC)
10h - Intervalo
10h15 - Mesa: Literatura, Invenção e Experiências Formativas – contextos e singularidades. Participação: Ricardo Aleixo (MG), Raul Antelo (SC), Fernanda Coutinho (CE), Sarah Diva (CE). Mediação: Carlos Augusto Lima
12h - Almoço
14h - Palestra: “A Experiência da Escola de Artes Visuais do Parque Lage”, Cláudia Saldanha (RJ)
15h - Palestra: “A Formação em Arte: O Artista Investigador e o Fortalecimento do Contexto-Acadêmico: 1970 - 2010”, Ana Maria Tavares (SP)
15h40 - Intervalo
16h - Mesa: Artes Visuais, Invenção e Experiências Formativas – contextos e singularidades. Participação: Cláudia Saldanha (RJ), Ana Maria Tavares (SP), Carlos Velazquéz (CE), Gilberto Machado (CE) . Mediação: Enrico Rocha
17h30 - Lanche
18h - Aula espetáculo “Na roda do mundo”, de Helder Vasconcelos.

07 de agosto, sábado
8h30 - Café da manhã
9h - Mesa: “Arte, Invenção e Experiências Formativas – Articulando novos possíveis”. Participação: Eliana Sousa (Redes de Desenvolvimento da Maré/RJ), Jailson de Sousa (Observatório das Favelas/RJ) e Valdenor Moura (TV Janela/CE). Mediação: Juliana Marinho
10h30 - Intervalo
11h - Palestra: “Desejar a sensação”, Suely Rounik (SP).

Programação Musical

Grupo Feito em Casa (Fortaleza/CE) na abertura do Festival Chile en Brasil
Liderado pela cantora e compositora Gigi Castro, o Grupo Feito em Casa apresenta seu show "Tempo de Amor", na abertura do BRASIL EM CHILE - CHILE EN BRASIL FESTIVAL, nesta terça-feira (27-07), às 21h, nos Jardins do Theatro José de Alencar. Grátis.

O grupo articula sua releitura do samba com as produções da bossa nova, do jazz, da cultura popular e das próprias composições dos artistas envolvidos, tendo a afrodescendência como um elemento norteador. Destacam-se os arranjos criativos do grupo e a costura feita com a poesia de Paulo Leminski.

Formação: Gigi Castro (voz e violão), Paulinho Belim (voz e efeitos), Erasmo Lousada (contrabaixo e vocal), Tauí Castro (percussão e vocal)

Grupo Feito em Casa - show "Tempo de Amor"
na abertura do BRASIL EM CHILE - CHILE EN BRASIL FESTIVAL
dia 27-07 (ter), às 21h
nos Jardins do Theatro José de Alencar
Entrada Franca

Dj Paula Wapsas (Santiago/Chile) na abertura do Festival Chile en Brasil
A Paula Wapsas faz parte da nova geração de de DJs chilenos com muito destaque na cena underground nacional. Influenciada principalmente por os sons do micro-house, o tech house e o minimal, Wapsas encontra-se com uma carreira em ascensão, marcada por um rápido avanço que a levou a posicionar-se nos melhores clubes de Santiago, além de transpassar fronteiras, com apresentações nas Ilhas Margaritas e Venezuela.

O apego aos sons quentes da tech house e os minuciosos do micro-house a fex iniciar uma nova linha e, tendo apoio de alguns artistas da velha escola.

Assim, sua música ganhou força e marca presença na aberturea do BRASIL EM CHILE - CHILE EN BRASIL FESTIVAL.

DJ Paula Wapsas - Chile in Up Live
dia 27 de julho (ter), às 22h
nos Jardins do Theatro José de Alencar
entrada franca

Mais informações sobre a DJ Paula Wapsas, o Grupo Feito em Casa e o Festival Brasil em Chile - Chile en Brasil: tembiu.pro.br ou (85)3101-2567 e 3235-4063.

Guitarrista e compositor Oscar lança seu EP "Uni Verso" na Livraria Cultura, dia 30-07
Ex-guitarrista da banda Somfusão lança carreira solo e cria belas letras para seus temas jazz-rock. Trata-se do guitarrista e compositor OSCAR, figura conhecida na cena musical de Fortaleza.

Sexta-feira (30-07) se apresenta às 19h na Livraria Cultura, novo local para apresentações musicais em Fortaleza. Na ocasião, Oscar lança o EP "Uni Verso", compilação primorosa de canções de sua autoria. Destaque para a banda, com formação jazz-rock e precisão nos arranjos: Ivan Timbó (piano), Romualdo Filho (contrabaixo) e Roque Ney (bateria). Arte gráfica do EP assinada por Paulo Camelo. Vale Ver.

Leia essa nota na íntegra: tembiu.pro.br.

Show do Oscar, lançando EP "Uni Verso"
dia 30 de julho (sex), às 19h
na Livraria Cultura - Shopping Varanda Mall (Av. Dom Luís, 1010)
entrada franca
info: (85)4008-0800 e livrariacultura.com.br
Conheça o som de Oscar: myspace.com/oscaruniverso

A gaita de Boca está no foco: Forúm Harmônicas do Brasil traz para Fortaleza mini curso, oficinas e shows

Seis especialistas em gaita de boca participam da quinta edição do Forúm Harmônicas do Brasil, festival de música que acontece desde 2005. Esse ano será realizada em Fortaleza/CE, entre 30 de julho a 1º de agosto, no Dragão do Mar. Na programação, mini-curso, oficinas e shows. Sempre grátis.

Leia essa nota na íntegra: tembiu.pro.br.

Fórum Harmônicas Brasil
entre 31 de julho e 1º de agosto
no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
mais info: (85)3244-6728 e diego@caramelocomunicacao.com.br
entrada franca

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Tarzan


O espetáculo conta a história do menino criado por gorilas nas selvas africanas que sempre buscou se encaixar.

Ao conhecer a exploradora, Jane, e ter contato com humanos pela primeira vez em sua vida, depois de muito tempo, ele começa a se questionar sobre o real lugar a que pertence.


A peça Tarzan aborda a influência do meio sobre os homens, o preconceito entre as raças, a preservação da natureza e o valor da amizade.

Uma comovente história em uma rica montagem para divertir toda da família.

Direção Geral: Kildary Pinho
Direção Artística: Andréa Mouta
Coreografias: Carol Benjamim
Local: Auditório da Escola viva Música Viva
Data: 24/7/2010
Horário: 17h
Ingressos: R$ 14,00 (inteira) R$ 7,00 (meia)
Mais info: (85) 8760.5221 / 3131.6560
Endereço: Av. Desembargador Moreira, 629 A - Aldeota
Telefone: (85) 3131.6565