terça-feira, 31 de agosto de 2010

Espetáculo Intrigas


O grupo de teatro do curso de Belas Artes da Unifor encena, em setembro e outubro, o espetáculo "Intrigas", com texto de Fábio Gurgel, baseado na obra de França Júnior e música de Leandro Cavalcante. Com o objetivo de resgatar as raízes do teatro popular, o grupo Arteiros em Cena apresenta a comédia de costumes que aborda as mais variadas formas de confusão que a má comunicação pode gerar.

Sinopse

Um segredo guardado a sete chaves pode levar a uma grande confusão: todos estão animados com o casamento de Josefina e é pelo bem desta união que ela esconde um segredo, grave o bastante para por quase tudo a perder. Um mordomo alemão é a figura central desta intriga.
As divertidas confusões do coração dominam a cena, quando dois rapazes muito garbosos decidem se encantar um pela mulher do outro, tudo em segredo e com a ajuda da alcoviteira mais atrapalhada que já se viu.
No final, as personagens só querem saber de se dar bem: Miguel esconde sua queridíssima esposa na serra, a esposa, por sua vez, só quer sair daquele lugar frio e tedioso, mas para isso precisa vencer a aposta feita com o marido. Nenhum deles estava preparado para a inesperada visita de um legítimo bon-vivant que, caindo de pára-quedas naquela casa, promete mexer com o sossego da vida de todos.
Com tanta confusão, muito bom humor e um toque de música, tudo acaba se resolvendo, nesta história que é diversão garantida para toda família e para todos os gostos.

SERVIÇO
Intrigas
Dias 18 e 19 de setembro de 2010
Dias 23 e 24 de outubro de 2010
Sessões: sábado, às 20h e nos domingo, às 19h
Ingressos: R$20,00 (inteira) R$10,00(meia)
Venda: Loja do Campus Unifor e Teatro Celina Queiroz

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

HISTORIANDO OS JENIPAPO-KANINDÉ

Lançamento da exposição Historiando os Jenipapo-Kanindé, neste dia 03 de setembro de 2010, a partir das 16h, na Aldeia da Encantada, município de Aquiraz/CE.


Serão compartilhadas com os convidados músicas, danças e comidas tradicionais que dão vida e cor à essa comunidade indígena numa grande confraternização.

O Historiando é um projeto que trabalha história e identidade locais a partir de metodologias de pesquisa participante com moradores de comunidades tradicionais, revelando práticas e costumes peculiares que fazem de cada lugar um espectro da diversidade cultural existente e cada indivíduo um sujeito da sua própria história.

A exposição Historiando os Jenipapo-Kanindé estará aberta para visitação de escolas e grupos organizados também em outras datas mediante agendamento prévio.

Esperamos por você!

Para informações sobre como chegar e transportes coletivos:
Monica Bonadiman
(85) 9943 52 20
monica@tucum.org

Sobre a comunidade:
http://www.tucum.org/oktiva.net/2313/nota/111803

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

A ARCA DE NOÉ


Se estiver em Fortaleza no próximo final de semana, vale a pena conferir:

 

Marcelino Câmara e a Banda Superfantásticos apresentam




A ARCA DE NOÉ

Marcelino Câmara, acompanhado de instrumentos de cordas, de sopro e de percussão, apresenta um grande show musical juntamente com a Banda Superfantásticos, que reúne num só espetáculo música de qualidade, teatro, humor e contação de história. É a ?ARCA DE NOÉ? com as inesquecíveis obras musicadas de Vinícius de Moraes.

Os projetos musicais de Marcelino Câmara vem desde 1989 com o objetivo de produzir uma música infantil moderna que fosse ao mesmo tempo lúdica e poética.

O espetáculo é apresentado de forma dinâmica e divertida, associando cada música à uma situação cênica, uma contação de história ou uma interação bem humorada com a platéia. O personagem central do velho Noé é apresentado de forma bastante inusitada: é o palhaço, um bicho, um cozinheiro, o poeta e um cantor pop.

OS MÚSICOS
Marcelino Câmara assina a direção artística, cenário, figurino e é acompanhado pelos músicos Fernando Franco (guitarra), Thiago Cavalcante (bateria) George Gomes (contra-baixo), Ezequiel Moreira (flautas, violino e vibrafone); Marcos Daniel (técnico de som).

SERVIÇO
Marcelino Câmara e a Banda Superfantásticos apresentam o espetáculo musical ?A ARCA DE NOÉ?. Dias 28 e 29 de agosto, às 17 horas, no Teatro Nadir Saboya (Rua Oito de Setembro, 1331 ? Varjota ? anexo ao Colégio Farias Brito/Aldeota).
Ingressos: R$ 10,00 (meia) e R$ 20,00 (inteira).
Informações: 3227.0387 e 8804.9834

Cavalos

Uma ficção para aqueles que não conseguem ficar parados em um quarto, que adoram beijar com os lábios e são extremamente tristes e incrivelmente felizes.
Andréia Pires e Daniel Pizamiglio

terça-feira, 24 de agosto de 2010

A Cadeirinha e Eu


QUANDO: dia 26/Agosto/2010
ONDE: MERCADO DOS PINHÕES - 
QUE HORAS: ás 19:30h -QUINTA CULTURAL

A CADEIRINHA E EU é um solo composto em 1994 , completando em 2010 dezesseis anos em cena .Para comemorar convidei alguns artistas -que acompanham a trajetória do espetáculo para realizarem versões inspiradas no solo.
Iniciamos com Paulo José , que vem realizando trabalhos solos com forte inspiração no teatro.
O projeto apresentará as duas versões

A Cadeirinha e Eu Com Silvia Moura e Com Paulo José

A CADEIRINHA E EU – Solo – 1994

Esse Trabalho permeia caminhos e situações do cotidiano Feminino, tocando nos tênues limites que separam vida e arte. Traçando uma Mitologia pessoal. Partindo da inocência na infância, os questionamentos da adolescência, e a maturidade da fase adulta como momentos que anunciam algo: a fragilidade , o encantamento , e a brutalidade que agridem e assolam cada um desses tempos. Naturalmente vai se percebendo tais nuances, ou seja , o impulso, a aceleração, o vigor, o silêncio, a(s) escolhas, o(s) abandonos. Tanto para quem fica bem próximo da cena, como na platéia, com níveis de apreensão que vão do encontro do entendimento a participação direta na cena. Uma obra que não se reduz a uma estrutura objetiva , mas que se “abre” para uma relação que se constrói com cada platéia, a cada apresentação. Construindo de forma lúdica um panorama sobre o que é se tornar "mulher", convivendo com todas as dificuldades e encantamentos que a vida nos oferece .
 
Ficha Técnica
Roteiro/Direção e Interpretação : Silvia Moura
Música : Loreena Mckennitt

Oficina de Palhaço no Café Teatro das Marias


Os artistas Flávio Souza e Júlia Sarmento oferecem curso "Introdução ao Palhaço e ao Jogo Cômico"

os artistas Flávio Souza e Júlia Sarmento oferecem curso "Introdução ao Palhaço e ao Jogo Cômico". Condições especiais para artistas e estudantes de artes. Participe!

Participe
Flávio Souza é palhaço e colaborador do Programa Enfermaria do Riso - UNIRIO (programa universitário de formação de palhaços para atuação em hospitais) há 10 anos. Atuou como professor de jogo cômico da Escola de Teatro Martins Pena e colaborou com diversos grupos que desenvolvem a linguagem do palhaço no Rio de Janeiro como o Teatro de Anônimo, Grupo Pedras, Doutores da Alegria, entre outros. É mestre em teatro pela UNIRIO onde desenvolveu dissertação sobre a instrumentalização do ator como criador.

Júlia Sarmento é palhaça e colaboradora do Programa Enfermaria do Riso - UNIRIO (programa universitário de formação de palhaços para atuação em hospitais) à 7 anos. Bacharel e licenciada pela UNIRIO, atuou como professora de teatro e arte educadora no Centro Cultural Banco do Brasil - RJ. É atriz há 15 anos e recentemente reside em Fortaleza.

Curso Introdução ao Palhaço e ao Jogo Cômico
inscrições abertas
período de realização: 23 a 27 de agosto, das 13 às 17h
no Café Teatro das Marias Rua Sen. Almino, 233-A (Praia de Iracema)
info: (85)3219-4939 e 9112-2651

Programação “Ao Gosto Popular” SESC SENAC Iracema

Ao Gosto Popular de quarta a sábado (25 a 28/08) no SESC SENAC Iracema

- Dia 25/08
Caminhos da Leitura – Projeto de desenvolvimento literário que dispõe as diversas linguagens artísticas (literatura, música, teatro, dança, cultura popular, artes plásticas e visuais) partindo e convergindo para os livros, textos, poesias e elementos literários cotidianos. Nesse mês os versos, rimas e prosas que constroem a poesia matuta, a literatura de cordel, a cantoria e as letras das cantigas tradicionais e da música popular são o mote para o tema: Ao Gosto da Literatura
Popular: Povo, Verso e Prosa.

Artistas Convidados:
- Geraldo Amâncio (cantador, cordelista e apresentador do programa Ao Som da Viola)
- Banda Eletrocactos
- Nêgo Célio, Fabrício Diniz e Dj Doido (Hip Hop)
- Selo Coletivo (Artes Visuais)
Horário: 19h no Teatro SESC SENAC Iracema
Gratuito

- Dia 26/08
Baião de Todos: Cocos, Bois e outras tecnologias – Os grupos: Coco do Iguape, Dona Zefinha, Fulô da Aurora e Boi da Juventude se encontram pela primeira vez para vivenciar a construção de um espetáculo cênico-musical unindo saberes ancestrais e contemporâneos para apresentar ao público a farra de artistas que se admiram e que encontram em seus repertórios pontos de fusão que a modernidade não dilui.

Grupos Convidados:
- Coco do Iguape
- Dona Zefinha
- Fulô da Aurora
- Boi da Juventude
Horário: 20h no Teatro SESC SENAC Iracema
Gratuito

- Dia 27/08
Tambores e Tradições – Encontro nunca realizado entre quatro importantes grupos percussivos de Fortaleza que fazem história na construção de nossa cultura tradicional e urbana, promovendo o encontro de jovens da cidade com as matrizes musicais de raiz.

Grupos Convidados:
- Caravana Cultural
- Afoxé Oxum Odolá
- Calé Alencar e Negras do Batuque
- Tambor de Cabôco
Horário: 20h no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Gratuito

Um Giro em Nagô – Trabalho de pesquisa e interação estética entre o Tambor de Crioula das Marias e a Cia Vata de dança contemporânea. A dança das coreiras embalada pelos tambores afinados pelo calor do fogo serve de matriz para a criação de movimentos rituais e interações diretas com o público que será convidado a se conectar com a ancestralidade.

Grupos Convidados:
- Tambor de Crioula das Marias
- Cia Vata
Horário: 22h no Teatro SESC SENAC Iracema
Gratuito

- Dia 28/08
Pifeiros Urbanos – Primeiro encontro de jovens músicos que descobriram as possibilidades de criar e recriar a música atual através do pífano, instrumento presente na cultura tradicional de vários povos. Os artistas convidados contam um pouco da história desse instrumento apresentado sob as mais diversas formas – com 7, 8 ou 9 orifícios, de cano de PVC ou de Taboca, processado através de efeitos sonoros e executando choros, boleros, sambas, baiões ou rock n’ roll.

Artistas Convidados:
- Zé Rodrigues (Água de Quartinha)
- Patrick Mesquita (Dionísio e sua Flauta Mágica)
- Vanildo Franco (Dona Zefinha)
- Jair Morais (Poeta dos Cachorros)
- Fabiano de Cristo, Guilherme Cunha e Juliana Roza (Fulô da Aurora)
- Evânio Soares (Zabumbeiros Cariris)
Horário: 20h no Teatro SESC SENAC Iracema
Gratuito

VENHA CONFERIR... TODA A PROGRAMAÇÃO É GRATUITA!!!

XVII Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga


Um total de 77 espetáculos dos nove estados da região foram inscritos para Mostra Nordeste do XVII Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga (FNT), que acontece de 04 a 11 de setembro na cidade serrana do Ceará.

Desse total, nove foram selecionados, sendo um de cada estado, numa decisão da Coordenação do evento, pelo fortalecimento da representatividade dos estados no Festival. O resultado da seleção das Mostras que compõem a Programação Paralela, voltadas somente para grupos cearenses, será anunciado no dia 10 de agosto.

Mostra Nordeste:

Há três edições a programação da Mostra Nordeste era composta apenas por espetáculos convidados, que eram indicados por uma curadoria do Festival. Na 17ª edição, foram abertas novamente as inscrições para esta mostra, que recebeu uma considerável demanda de propostas. Os 77 espetáculos foram inscritos por 70 companhias teatrais de toda a região.

Estes foram os espetáculos selecionados para a Mostra Nordeste do XVII FNT:
 
• Vôo ao Solo - Invisível Companhia de Teatro (AL). 
Direção: Marco Antônio de Campos;

• Uma Vez Nada Mais – Carambola (BA). 
Direção: Hebe Alves;

• As Três Irmãs – Grupo de Estudos e Trabalhos em Stanislavski – GETS (CE). 
Direção: Graça Freitas;

• Pai e Filho – Pequena Companhia de Teatro (MA).
Direção: Marcelo Flecha;

• A Casa de Bernarda Alba – Grupo Harém de Teatro (PI). 
Direção: Arimatan Martins;

• Rasif – Mar Que Arrebenta – Coletivo Angu de Teatro (PE). 
Direção: Marcondes Lima;

• Milagre Brasileiro – Coletivo de Teatro Alfenim (PB). 
Direção: Márcio Marciano;

• Deus Danado – Cia. A Máscara de Teatro (RN). 
Direção: Marcelo Flecha;

• Cacuete – A Incrível Performance de Crendices – Projeto Cacuete (SE).
Direção: Maycira Teles Leão.

O Festival:

Além da Mostra Nordeste, o FNT conta em sua programação com as Mostras FNT no Maciço, Palco Ceará, Infantil e Te - Ato à Meia-Noite, voltadas para grupos cearenses. Ao longo dos oito dias de Festival, acontecem ainda ciclo de debates, oficinas, apresentação de teses ou dissertações de pesquisadores, lançamentos, entre outras atividades que compõem o Programa de Formação do FNT.

O XVII Festival Nordestino de Teatro é uma realização da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA). 
Patrocínio: Oi. Apoio cultural: Oi Futuro. 
Apoio institucional: Prefeitura Municipal de Guaramiranga. 
Este projeto é apoiado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Fonte: site http://www.teatropb.com.br

Mais um equipamento cultural no Benfica




Nesta terça (24) a partir das 19h a Pã estará inaugurando sua sede no Benfica. Venha celebrar conosco essa conquista do coletivo teatral de Fortaleza.

Conheça um pouco mais a história da Companhia Pã:

A Companhia Pã de Teatro Pesquisa Produção Artística e Cultural, fundada em 15 de Abril de 1996 pelo Diretor, Ator, Iluminador e Dramaturgo Karlo Kardozo, com o objetivo de desenvolver técnicas de pesquisa e produção cênica de contação de história, visando o desenvolvimento de uma poética pluricultural, centrada na performance do ator.

De 1997 a 2000, integrou-se a Associação de Teatro Radicais Livres, fusão de três grupos, a Companhia Pã, o Grupo de Pesquisa de Ricardo Guilherme e a Companhia Pessoa de Teatro de Ghil Brandão. Funda junto a Associação o Teatro Radical (Praia de Iracema - Fortaleza - CE) onde desenvolve diversos projetos (oficinas, palestras, exposições, seminários, debates), mantém o Centro de Pesquisa em Teatro (biblioteca, núcleo de referência midiática e banco de textos dramatúrgicos) e um Núcleo de Contação de História.

De 2001 a 2006 o Teatro Radical cerra suas portas, mas a Associação continua seus trabalhos participando do Festival Nordestino de Teatro (Guaramiranga), Festival Internacional de São Jose do Rio Preto (SP), Mostra Cariri, Projeto Palco Giratório – SESC, Ato Compacto – BNB, Mostra Radical, entre outros.

A partir de 2007, dissolvida a Associação, a Companhia inicia uma nova fase conduzindo as experimentações estéticas e incursões investigativas pelo campo da antropologia, da filosofia e da política, com a qual a Pã vem consolidando uma poética transdisciplinar conectada com termos e códigos propostos pela contemporaneidade. 

2007/2008 inicia o projeto Fragmentos do Corpo, uma reflexão sobre o erotismo e suas múltiplas faces. Fragmentos é uma experimentação cênica e dramatúrgica sobre caldeamento das paixões humanas, transcriadas pela fragmentação e sobreposição de linguagens e meios.

2009 inicia o projeto Cidade Noiada, uma investigação estética, ética e política acerca do fenômeno espacial urbano, concreto e virtual, que se propõe a contribuir para a reflexão sobre o lugar do teatro na contemporaneidade. Para tanto, busca-se construir uma dramaturgia cênica e escrita de modo hipertextual que sirva de interface para o diálogo com os meios interativos, compreendendo a cidade em sua estrutura de asfalto e cimento como um ambiente hipertextual e socialmente indissociável de sua existência virtual e on-line. 

Hoje a Companhia Pã, sediada no Benfica / Fortaleza-CE, desenvolve os seguintes projetos: 
  • Pã Revista de Arte e Cultura – revista eletrônica colaborativa de cultura livre. refletindo, divulgando, debatendo, conectando, tecendo a rede do fazer artístico e cultural da cidade, linkado sempre com o universal.
  • TV Pã – TV online para debates sobre as ações do Projeto Cidade Noiada, entrevistas sobre teatro, intervenções urbana, etc.
  • Biblioteca Pã – com ênfase em arte, cultura, política, filosofia, antropologia e história. Aberta a consulta pública.
  • Projeto Cidade Noiada – atualmente desenvolvendo as ações “Janelas na Cidade” e “Territórios Errantes” uma investigação estética, ética e política acerca do fenômeno espacial urbano, que busca construir uma interface para o diálogo com a cidade em sua estrutura de asfalto e cimento como um ambiente hipertextual e socialmente indissociável de sua existência virtual e on-line.
  • Projeto Farol da Memória - um projeto de construção coletiva da memória do bairro Serviluz – Fortaleza-CE, através do teatro, literatura, artes visuais e mídias eletrônicas, Desenvolvendo um coletivo inter-geracional protagonizado por jovens e idosos os quais atuarão como “Agentes da Memória”, entrelaçando o tempo e as diversas experiências individuais e coletivas. 

Por Karlo Kardozo
Seg, 23 de Agosto de 2010 18:18
Revista de Arte e Cultura
Fonte: http://parevista.org/revista/index.php/component/content/article/31-colaboradores/124-karlo-kardozo.html

Seminário Internacional Arte Pública Relacional como Prática Social



Confira a programação:
Dia 23/08 – 19:00 h – Cinemas Benfica
Abertura Oficial
Apresentação do Coral das Artes Cênicas do IFCE
Arte de Bem Ficar – Benfica no Planejamento Urbano de Fortaleza (Prof. Dr. Laércio Noronha – UNIFOR, Brasil)
Política de Cultura como Reorganização do Espaço Urbano (Prof. Dr. Abdelhafid Hammouche - França)
Coquetel de Abertura.

Dia 24/08 – 19:00h – Teatro José de Alencar
Mostra de vídeo:
IN Paradox OUT - Urban Drift
São Paulo - Berlin, 2002. Videoclip do Fórum Internacional: A Arte, o Urbano e a ReconstruçãoSoci al, realizado no CCBB/SP, março de 2002, como contraponto a 25ª. Bienal Internacional de São Paulo e ao projeto Artecidadezonaleste. (12'); Direção e arte Lilian Amaral. Edição Heitor Costamilan.

Palestra:
Arte Pública Como Prática Social (Dra. Lílian Amaral – Casa da Memória de Paranapiacaba – SP - Brasil);
“Projecto Rio: Arte, Ciência e Patrimônio” (Profa. Dra. Virgínia Fróis – FBAUL - Portugal);

Dia 25/08 – 19:00h – Casa Amarela - UFC
Mostra de vídeo:
Humanscape
Sub-Prefeitura de Paranapiacaba e Parque Andreense, Prefeitura do Município de Santo André, SP. I Festival de Inverno de Paranapiacaba, 2001. Arte Pública e intervenção no tecido social com participação de artistas e comunidade, focando a paisagem humana, sua história e produção de sentidos. (9'50"); Direção e arte Lilian Amaral. Edição e roteiro Heitor Costamilan. Brasil.

Palestra:
Do Monumental ao Relacional na Arte Pública – Percurso Histórico
(Profa. Dra. Margarida Calado – FBAUL - Portugal)
Metodologia da Pesquisa Ação
(Profa. Dra. Geny Lustosa – UFRGN - Brasil)

Dia 26/08 – 19:00h – Auditório do IFCE
Mostra de vídeo:
Olho Canibal
Avenida Paulista, São Paulo, 1998, Paço das Artes, 24ª. Bienal Internacional de São Paulo,Brasil. Lilian Amaral. 0 apagamento da arte pública frente aos dispositivos da aceleração e da mídia urbana. (5'); Direção, arte e roteiro Lilian Amaral. Edição Heitor Costamilan.

Palestra:
Contextura do Patrimônio e da Memória por Amor ao Benfica
(Prof. Dr. Gilberto Nogueira - UFC –Brasil );
Potencialidades e Dificuldades do Benfica
(Prof. Dr. Elmo Vasconcelos Junior– UECE/UFC - Brasil);
Literatura no Benfica: Airton Monte, Carlos Emílio e João Soares Neto.

Dia 27/08 – 19:00 h – Centro Cultural BNB
Mostra de vídeo:
Alegoria do Caos,
Paço das Artes - Heliópolis, São Paulo, 2000, Brasil. Lilian Amaral. Como a Arte Educação e a Arte Pública podem atuar na inclusão cultural. (6'10"); Direção e arte Lilian Amaral. Edição e roteiro Heitor Costamilan.

Palestra:
Imagens da Cultura, Cultura das Imagens
(Prof. Dr. José Ribeiro - Universidade Aberta – Portugal)
Pesquisa em Artes
(Prof. Dr. José Albio Sales Moreira – UECE);

Dia 28/08 – 17:00 h – Centro Cultural BNB
Mostra de vídeo:
MAU WAL - Encontros Traduzidos.
Produzido pela Associação Cultural VideoBrasil, Sao Paulo, 2002. Maurício Dias, brasileiro, e Walter Riedweg, suíço, desenvolvem, desde 1993, um projeto de produção coletiva com o objetivo de vincular esteticamente assuntos contemporâneos e grupos sociais. 0 documentário apresenta a relação peculiar entre os artistas e seus parceiros". (52’).

Debate: Com a Palavra os Coletivos (Curto Circuito, R.A.M. Crew, Pã, Acidum).
Dia 29/08 – das 10:00h às 22:00h – Pça. Feira da Gentilândia e Pça. do Esperanto - Benfica
Mostra de Arte Urbana:
Artes visuais, literatura, dança, música, teatro, cultura popular, esporte e lazer.

Por Karlo Kardozo
Dom, 22 de Agosto de 2010 14:46
Revista de Arte e Cultura
Fonte: http://parevista.org/revista/index.php/component/content/article/36-noticias/122-karlo-kardozo.html

Convocatória para o ManiFesta! – Festival das Artes


Ocupação multicultural no Theatro José de Alencar
Dia 18 de setembro, de 18h às 6h.
ManiFesta!

O Festival das Artes se inspira no espírito de coletividade que moveu a Massafeira Livre, que há 30 anos, reuniu em 4 dias, mais de 400 artistas no Theatro José Alencar. Este espírito gerou muitas outras movimentações verdadeiras e coletivas pelo mundo afora, e o ManiFesta! é mais um deles.

Na noite do evento será lançado o Livro Massafeira 30 Anos - Som Imagem Movimento Gente e relançado o álbum duplo Massafeira em CD remasterizado, além de uma variedade de livros, álbuns, CDs, revistas, cordéis, zines, jornais e tudo o mais.

Os interessados em manifestar sua arte em um espaço de tempo de até 15 minutos, em apresentações de música, dança, teatro, performance, recital, intervenção, literatura, cinema e vídeo, ou instalações permanentes com fotos, quadros, esculturas, artes plásticas, ocupações e intervenções extensivas, envie proposta para:manifestafestival@gmail.com

Este evento é coletivo, realizado por artistas, produtores, técnicos e público. Cheguem junto nas reuniões, que estão acontecendo às terças e sextas feiras, às 18h no Jardim do TJA.

É isso, estamos vivos!
ManiFesta! - Festival das Artes
Julia Limaverde e Daniel Medina
Coordenação Geral/Direção Artística
(85) 8670 9067 / 9978 6878

sábado, 14 de agosto de 2010

VIII Mostra de Teatro se inicia em Caucaia e Itaitinga neste Domingo

VIII Mostra de Teatro Transcendental se inicia em Caucaia e Itaitinga no Domingo dia 15/08 e na Segunda dia 16/08 tem Intervenção Cultural no Terminal do Siqueira as 18h.